Virada Climática marca início do Inverno 2016 em Curitiba (PR)

No próximo dia 19 de junho, domingo véspera do início do Inverno 2016, acontece em Curitiba a terceira edição da Virada Climática, evento organizado pela 350.org Brasil e parceiros com cultura, arte, cinema, produtos orgânicos, bicicletada e cursos de energia renováveis. Estão programadas dezenas de atividades gratuitas para chamar atenção e mobilizar a população e autoridades para os impactos das mudanças climáticas na nossa vida e como podemos promover ações para diminuir as emissões de carbono.

A programação da Virada Climática está repleta de atividades esportivas, exposição de telas e performances culturais, muita música com bandas paranaenses, oficinas, feiras temáticas e informação sobre clima, Fracking, vida sustentável, yoga, veganismo e feira de orgânicos e de adoção de animais. Durante o domingo, os participantes da Virada Climática ocuparão todo o espaço do Museu Municipal de Arte (MuMa), localizado no bairro do Portão.

Virada Climatica Cartaz 2016_FN

Realizada pela 350.org Brasil, movimento internacional que denuncia as mudanças climáticas, luta contra o Fracking e exige o desinvestimento em combustíveis fósseis, a Virada Climática tem o apoio da COESUS – Coalizão Não Fracking Brasil e pela Sustentabilidade, Fundação Cooperlivre Arayara, Rádio Mundo Livre, Repas, Mundo Vegano, Castra cão & gato e Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Fundação Cultural.

 Mais vida, menos carbono

Depois de um verão que bateu todos os recordes de temperaturas, agora o inverno se aproxima com a expectativa de ser um dos mais rigorosos dos últimos anos. “Precisamos falar sobre mudanças climáticas, pressionar o fim do uso dos combustíveis fósseis e exigir políticas públicas com investimentos em energia renováveis”, explica a diretora da 350.org Brasil e América Latina, Nicole Figueiredo de Oliveira.

Com a exploração e queima do carvão, petróleo e gás de xisto, as emissões dos gases de efeito estufa provocam o aumento acelerado da temperatura do planeta e tornam mais radicais as enchentes, secas e furações, além de intensificar o derretimento das geleiras e o aumento do nível do mar.

“Muitos lugares do mundo já sentem os efeitos das mudanças climáticas, inclusive o Brasil, afetando milhões de pessoas. Nesse ritmo, muitas ilhas desaparecerão, importantes ecossistemas serão dizimados e haverá uma grave crise na produção de alimentos em função das alterações no regime de chuvas. Precisamos fazer algo, antes que seja tarde”, alerta Nicole.

Além de Curitiba, a Virada Climática já tem confirmação em outras cidades do Paraná como Maringá, Umuarama e Cianorte. “A expectativa é que a proposta de debatermos os impactos das mudanças climáticas também aconteça em outros estados”, adiantou Nicole.

FullSizeRender
Tela ‘Arca IV’ da artista plástica Lesiane Lazzaroti Ogg que está em New York na exposição Earth sobre o meio ambiente. Foto: Reprodução

 

Arte engajada

Nesta edição da Virada Climática, o destaque fica para a Exposição Arte Alerta, projeto idealizado pela artista plástica Lesiane Lazzaroti Ogg e que reúne telas produzidas pelo Grupo Baluarte, do Rio de Janeiro. “ARTE ALERTA é um grito de socorro às mulheres e homens que lutam pela manutenção das condições para a existência da vida no planeta Terra. De uma forma ou de outra, estas pessoas estão engajadas no combate aos interesses que colocam em risco a sobrevivência de todos os seres, incluindo a própria humanidade”, explica Lesiane.

Para esta mostra, o curador Luiz Badia elaborou uma obra especial num ato de solidariedade à campanha Não Fracking Brasil e ao movimento internacional contra as mudanças climáticas.

 

 

Programação Virada Climática – Inverno 2016

 

Bicicletada Climática – Saída às 9h30 do Centro Cívico – Chegada no MuMa – Museu Municipal de Arte no Portão – Av. Rep. Argentina, 3.432

Percurso – 10 KM e 20 KM

Inscrições a partir de 10 de Junho no site www.naofrackingbrasil.com.br/viradaclimatica

(Os primeiros 100 inscritos terão direito a kit com camiseta e squeeze)

10:00/19:00 – Feira Vegana / Compostagem / Artesanato indígena / Atividades para crianças / Feira de trocas / Doação de animais

 

Manhã – MuMa

8:30 – Tai chi chuan

9:00 / 9:30 – Yoga

10:00 /10:30- Rock and Run / Contador estória / Oficina de instrumentos musicais feito com material reciclável

11:00 / 12:00 – Boxe Clássico / Banda Djoa

 

Tarde – MuMa

13:00 / 13:30 – Zumba

14:00 / 14h30 – Banda Lemoskine / Contador estória / Oficina Energia Solar

15:00 / 15h30 – Seminário Não Fracking Brasil / Oficina Energia Solar

16:00 / 16:30 – Sessão de cinema / Zumba

17:00 / 17h30 – Banda Rapha Moraes

18:00 / 18h30 – Sessão de cinema

 

 

 

 

Comente!

%d blogueiros gostam disto: