“Nós tivemos as nossas batalhas para a rotulagem dos alimentos geneticamente modificados. Em 2012, os eleitores da Califórnia rejeitaram uma iniciativa que teria obrigado tais avisos”, afirma o jornalista Dennis Romero no LA Weekly. 

Captura de Tela 2015-08-19 às 10.10.51

Agora, um deputado estadual área de Los Angeles, na costa Oeste dos Estados Unidos, quer exigir que os alimentos irrigados com águas residuais provenientes de fraturamento hidráulico, o fracking, sejam rotulados. O deputado Mike Gatto apresentou um projeto de Lei que será analisado como parte da Sessão Especial da Assembleia Legislativa sobre a saúde.

Seu gabinete diz que algumas fazendas estão usando água reciclada proveniente do fraturamento hidráulico em nome da conservação da água: “Poucos consumidores estão cientes dos potenciais problemas de saúde de consumir produtos irrigados por água contaminada.”

Fracking é a tecnologia que introduz água no solo em alta pressão para obter combustível fóssil, o gás do folhelho pirobetuminoso de xisto. Um relatório do Conselho da Califórnia de Ciência e Tecnologia concluiu neste verão que 316 aditivos químicos, incluindo o ácido brômico e ácido clorídrico, estavam sendo usados em operações de fracking. O relatório disse que há um risco real para os seres humanos se a água é consumida.

Entretanto, as indústrias do fracking têm alegado que não foram encontrados tais produtos na água reciclada para as culturas. Gatto refuta esta alegação: “Ninguém espera que sua alface contenha produtos químicos pesados de águas residuais de fracking. Estudos mostram uma alta possibilidade de que a reutilização de águas residuais no campo ainda pode conter produtos químicos perigosos, mesmo após o tratamento”.

“Alimentos produzidos com água do fracking reciclado teriam de receber um rótulo”, diz o escritório de Gatto.

Para o Legislador, “os consumidores têm o direito básico de tomar decisões quando se trata do tipo de alimento que acaba na mesa de jantar da família”, disse Gatto. “Rotulagem de alimentos que foram irrigados com produtos químicos potencialmente nocivos ou cancerígenas, como as de água do fracking reciclado, é a coisa certa a fazer.”

Fonte:

http://www.laweekly.com/news/fracking-affected-food-should-be-labeled-lawmaker-says-5926729

Comente!