Campanha da Fraternidade 2017 nos propõe um novo paradigma econômico e ecológico

 

 

Audiência pública reuniu em Curitiba especialistas para debater a preservação dos biomas brasileiros e como impedir e conter os impactos das mudanças climáticas

 

 

“As mudanças climáticas são reais e precisamos desinvestir em combustíveis fósseis para evitarmos o agravamento da crise climática”. A afirmação foi feita por Reginaldo Urbano Argentino, coordenador de Desinvestimento da 350.org Brasil, durante participação em audiência pública sobre a Campanha da Fraternidade 2017 realizada no último dia 28 na Assembleia Legislativa do Paraná.

Reginaldo, que também é presidente da Cáritas Paraná e membro da COESUS – Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida, explicou que a exemplo do ano passado, a Campanha da Fraternidade tem como inspiração a ‘Laudato Si’, encíclica do Papa Francisco que propõe uma visão integral da ecologia. “A humanidade ainda tem a capacidade de cuidar da Casa Comum. Para isso, deve assumir o compromisso de agir em defesa da biodiversidade, a proteção das reservas de água, da paisagem e do clima”, enfatiza.

 

 

Para isso acontecer é preciso parar até 2030 todos os projetos de exploração dos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), desinvestir totalmente de novos projetos e mudar nossos hábitos de produção e consumo. “Temos que investir em energias renováveis, melhorar nossas práticas agrícolas e de silvicultura e adotar um estilo de vida mais sustentável e fraterno”, completou.

Em sua palestra, Reginaldo exaltou a posição da Assembleia Legislativa do Paraná ao apresentar projeto de Lei que originou a Lei 18.947/2016 que suspendeu por 10 anos o licenciamento para operações de fraturamento hidráulico, ou fracking, para exploração do gás do folhelho de xisto. “O fracking tem sido um grande intensificador das mudanças climáticas por emitir sistematicamente o metano, gás de feito estufa 86 vezes mais danoso à atmosfera que o dióxido de carbono”, explicou.

 

Mobilização global

Com as incertezas do cenário político global e com os eventos climáticos se intensificando a cada dia, mais do que nunca precisamos agir como cidadãos e tomar as rédeas para assegurar o futuro que queremos para o mundo: mais livre, justo e sustentável. Para frear os impactos das mudanças do clima e de fato proteger nosso meio ambiente, a nossa “Casa Comum”, só uma mudança real de paradigma econômico e modelo de desenvolvimento.

Reginaldo informou aos participantes que de 5 a 13 de maio acontece a Mobilização Global pelo Desinvestimento (Global Disvetiment Mobilization) organizada pela 350.org que pede a retirada de investimentos em projetos ligados a combustíveis fósseis e o redirecionamento destes fundos a fontes renováveis de energia já conta com a adesão de mais de 700 instituições em 76 países. No Brasil, a 350.org que está organizando a mobilização junto com instituições religiosas como a Diocese de Umuarama, entre outras, e comunidades de fé.

 

Reginaldo Urbano Argentino fala dos impactos das Mudanças Climáticas e da importância de cuidarmos da Casa Comum.

 

Ameaça aos biomas

A audiência pública foi realizada no plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para debater a Campanha da Fraternidade 2017, que tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, e o lema “Cultivar e guardar a criação”. O encontro, proposto pelos deputados Péricles de Mello e Professor Lemos, ambos do PT, contou com a participação de membros da Arquidiocese de Curitiba, do Conselho Estadual do Meio Ambiente, da 350.org Brasil, da COESUS, da Cáritas Paraná, do Centro de Estudos Bíblicos de Curitiba, do Movimento dos Atingidos por Barragens e do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.

A campanha deste ano tem como objetivo dar ênfase à diversidade de cada bioma brasileiro e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Segundo a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior de cada cristão.

 

Assista reportagem do evento produzida pela Tv Assembleia.

 

Por Silvia Calciolari

Fotos: COESUS/350Brasil

 

 

 

 

 

Compartilhe!
Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Siga-nos!
Facebooktwittergoogle_pluspinterestrssyoutubevimeoinstagrammail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *