Indústria de xisto nos EUA terá de cortar 45% as emissões de metano

A indústria de xisto nos EUA terá de enfrentar severas restrições para as emissões de gases metano após a entrada em vigor dos novos regulamentos propostos pela administração presidencial dos EUA, noticiou o The Financial Times.

Segundo o jornal, a Agência de Proteção Ambiental (EPA) deve apresentar ainda esta semana os regulamentos destinados a reduzir as emissões de metano provenientes do setor de petróleo e gás em 40 a 45% durante a próxima década.

Foto: http://pointnews1.blogspot.com.br

Foto: http://pointnews1.blogspot.com.br

Reduzir as emissões de metano poderia ser relativamente barato para a indústria, de acordo com o Financial Times. Ao capturar o gás, que é um subproduto da sua indústria, em vez de deixá-lo escapar, as empresas poderão recuperar o custo do investimento em equipamentos para conter o gás para vendê-lo ou usá-lo eles mesmos, disse o jornal.

O movimento é parte da campanha do presidente Barack Obama para enfrentar as mudanças climáticas. No início de agosto, a EPA emitiu um conjunto de regras para reduzir as emissões de carbono das usinas de energia em 32% até 2030.

 

Fonte: http://sputniknews.com/us/20150818/1025868909.html

Compartilhe!
Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Siga-nos!
Facebooktwittergoogle_pluspinterestrssyoutubevimeoinstagrammail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *